(in)delicadeza de amar.

Páginas

domingo, 27 de fevereiro de 2011








Só que chega um ponto que a gente cansa, que não quer mais saber de aventuras ou de procuras, entende?