(in)delicadeza de amar.: 01/11/13 - 01/12/13

Páginas

quarta-feira, 13 de novembro de 2013


Sabe aqueles momentos que da vontade de chutar o balde, colocar a culpa dos seus erros em Deus e no mundo, sair pelas ruas mandando as pessoas todas pro inferno? Pois é, tenho sofrido desses surtos com frequência. Quando me da isso sinto-a mexer bem forte dentro de mim, parece que esta dizendo para eu ter calma, me lembrando que tudo passa e que até ontem eu sabia bem disso. Lembrando-me que o melhor dia da minha vida esta para chegar e tem data prevista, que é o dia que vou poder ver seu rostinho e saber que todo sacrifício vai valer a pena porque ela existe, porque vou sentir um amor tão forte que não saberei explicar, porque a vida estará começando pra gente.
 Cada coisa no seu lugar e você no lugar certinho quando eu mais ia precisar de você.

domingo, 10 de novembro de 2013




Não cabe reconstruir duas vezes a mesma vida numa só existência.

Caio F. Abreu 




Que eu consiga ser quem eu sou e bata palmas no final! Mesmo que eu escorregue em mim e puxe a cortina antes do espetáculo acabar. Quem vai dizer que não era essa a melhor parte do show?

Martha Medeiros

Não consigo molhar os pés apenas, eu mergulho e só paro quando me afogo, eu me queimo e só paro quando derreto, eu me jogo e só paro quando me param.

Martha Medeiros


Acredito que vale a pena chorar por um amor que se foi, é preciso chorar cada lágrima, sofrer cada lágima. Assim quando o novo louco amor chegar, quando o verdadeiro amor chegar já doeu o que tinha pra doer, já sofreu o que tinha pra sofrer, já passou como o vento ou como um furacão que deixa estragos que sempre são possíveis de consertar. Sempre.


Jade Stephani

Só quem arrepia cada centímetro do seu corpo e faz você sentir o sangue bombear num ritmo charmoso, é capaz de estragar o mundo quando parte.


Tati Bernardi



As horas nunca andam para trás
Todo dia é dia de aprender um pouco
do muito que a vida traz.

Maria Rita

sexta-feira, 8 de novembro de 2013




Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
 Até quando o corpo pede um pouco mais de alma, a vida não para.

Enquanto o tempo acelera e pede pressa
 Eu me recuso, faço hora vou na valsa, a vida é tão rara.