(in)delicadeza de amar.: 01/09/11 - 01/10/11

Páginas

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Matemática do amor torto.

Você disse de uma forma calma que só me causava problemas, e eu, de todas as formas possíveis tentei dizer que não. Mas meu bem, você é o desastre mais bonito da minha vida. Você é a catástrofe mais constante e mais imprevisível do meu ser. Você bagunça a minha vida e sempre me deixa sozinha tentando colocar tudo no lugar. Mas eu nunca sei onde me coloco. Se não é em teus braços eu fico sem rumo e continuo bagunçada, acabada. Você me toca os lábios com sede de tocar o mundo, e teu mundo é tão bonito meu bem. Quero sentir tuas mordidas fortes sobre minha pele tão sensível. Quero estar com você. Quero estar com você até quando eu não puder estar com você. Eu morro sem respirar o mesmo ar que o teu, teu ar tem um cheiro bom, diferente do poluído e vazio que sinto quando se vai. Só volta. Só fica. Por favor. 
(Scarlet Suelen)


Éramos nós, contudo, embora um estivesse com o outro, o outro tinha mais um em sua cabeça. Éramos mais que só nós dois. Éramos três, feito de dois, sendo mais que nós, sempre estávamos sós. Só pensava em diminuir, tirar da sua cabeça aquela outra pessoa. No fim só mesmo a subtração salvaria de uma vez por todas esse problema sem solução.
...éramos. 


Fabiana Almeida


Porque não existe amizade sem amor, e nem amor sem amizade. (rocksoda)


Eu sou doce, meiga, serena, calma, centrada, tímida, e calada, mas também sou amarga, tempestiva, nervosa, descontraída, desligada e falante. Tudo depende do que eu quero ser no momento e de quem é que está ao meu lado. 


 Stephani Ignatti


Que eu saiba puxar lá do fundo do baú um jeito de sorrir pros nãos da vida.


Caio Fernando Abreu




Então delete, tudo aquilo que não valeu a pena. Quem mentiu, quem enganou seu coração, quem teve inveja, quem tentou destruir você, quem usou máscaras, quem te magoou, quem te usou e nunca chegou a saber quem realmente você é. (Caio Fernando Abreu)


Depois de um tempo, você ainda vai lembrar dessa ferida que rasgou fundo o teu peito. Mas vai saber também, que foi apenas uma página do capítulo passado. E que o capítulo que você está agora. Ah, esse sim é o mais interessante.


Caio Fernando Abreu


Menina disfarçada. Da alma bonita, do sorriso bobo, do andar ritmado, das palavras fáceis, do diálogo envergonhado, das bochechas coradas. Agora não passa de rascunho de um projeto anterior - se tornar um ser humano que não se importa, que não cora, que não sente e que mantém o coração inteiro, bem inteirinho, e guardado sem marca nenhuma dentro do peito. Menina que acha que passando batom vermelho na boca e usando aquele vestido vermelho pode se tornar uma pessoa diferente. Puro engano. O que o sorriso malicioso esconde, os olhos revelam. O que o vestido deixa à mostra, o leve corar resistente das bochechas nega. Contesta. Porque ela não é e nunca foi uma mulher fatal, como quis deixar parecer - não passa, na verdade, de uma menina. Frágil. Mas tem, porém, entretanto, todavia e embora - pois sempre gostou de contrariar a tudo e a todos - a mania de fingir ser quem nem é. Esse salto de dez centímetros que a deixa quase maior do que sua vontade de ser diferente, essa maquiagem borrada no rosto, essa alma de gente que gosta de ser quem não pode ser, achando que assim vai se superar. Tudo encanta por uma noite. E ela topa, vai, encara. Por uma noite, e depois desiste. E finge que o coração não dói e fica sem marca. Mesmo que as lágrimas não caiam pelo rosto sempre cheio de maquiagem até mesmo do dia anterior e não escorram, por fim, pelos lábios sempre vermelhos com a ponta de cigarro pendurada; ela chora por dentro, o tempo todo. Até que disfarça bem… Mas ah, aqueles olhos, aqueles olhos não enganam nem bêbado depois da sua pior bebedeira. Qualquer um que olhar bem dentro deles logo percebe - está ali escrita a sua fragilidade e inocência, pra quem quiser ler. Mesmo passando de mão em mão, de cama em cama, de boca em boca. Aqueles olhos não mudam. Está neles registrado, eternamente, o brilho de alguém que tenta ser o que não é e fracassa. E por isso chora, por dentro, com força. Em estado permanente de desespero. E dor. Letícia Loureiro


Mas de verdade eu só queria que alguém falasse para mim: ei, você é bonita, para de se expor tanto, pode ficar quietinha, pode fechar o decote, pode parar com esse riso nervoso, tô reparando em você, você é bonita. Traumas de adolescência são uma merda.

Tati Bernardi

Pare de correr atrás, pare de se importar. Seja indisponível, desapegue. Pessoas gostam, do que não têm.
Caio Fernando de Abreu


Aonde está você pelo amor de Deus! Aonde está você? Não vê que estou cansada de pertencer a todos e não ser de ninguém? Não vê que minha devolução me enfraquece cada vez mais em me entregar? Não vê que na loucura de te encontrar não meço as entregas? E elas nunca são entregas porque eles nunca são você.


 Tati Bernardi




Amor só é bom quando é recíproco! quando é só você quem ama isso não é amor, é sofrimento involuntário. 

 Pequeno Romeu 





Porque, na verdade, o que eu levo aqui dentro é maior que tudo. É maior porque é do bem e vem fresquinho. Eu vivo mesmo é de claridades e não vai ser qualquer gentinha à toa que vai enfraquecer minha fé na vida e minha vontade de sorrir pro mundo. 


Caio Fernando Abreu







É apenas um aviso que eu deixo bem simples: vem que eu te cuido. 


 Caio Fernando de Abreu







Hoje de manhã eu acordei e fiquei olhando para tudo catatônica, um misto de susto com deslumbramento. Me dei conta de que essa é a pior e a melhor fase da minha vida. Eu nunca andei tão triste e nem tão feliz. Foi difícil enterrar tantos mortos e tantas rotinas, mas está sendo muito fácil viver dentro de mim. 

 Tati Bernardi


Tente. Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto, uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem. Pelo menos sorria, procure sentir amor. Imagine. Invente. Sonhe. Voe. Se a realidade te alimenta com merda, meu irmão, a mente pode te alimentar com flores. Eu não estou fazendo nada de errado. Só estou tentando deixar as coisas um pouco mais bonitas..

Caio Fernando Abreu

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Detalhes ♪

                 

Roberto Carlos

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Tumblr_lnpzn50yu61qzfasro1_500_large
Tumblr_lpvqspbfyf1qk79yvo1_500_large


Se pudermos aproveitar então esse momento, que é fugaz, que escorre por entre os dedos, que pode ser o momento perfeito de nossa vida,no final de tudo não haverá arrependimentos, nem sentimento de vida jogada fora. Acho que só felicidade.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Não se preocupe com tanta bobagem, apenas VIVA ! Quem te merece não te faz chorar,se for chorar que seja de felicidade;não se preocupe tanto assim com o que dizem de você, o único que te conhece como ninguém é você mesmo! Dê valor a quem te ama, guarde as cartas de amor, jogue fora as ofensas;viva cada dia como se fosse o ultimo, não tente entender o mundo nem as pessoas, é perda de tempo. Apenas viva e sorria. Permita que a felicidade entre na sua vida, e não deixe que ela vá embora.


Existe somente uma idade para a gente ser feliz. Somente uma época na vida de cada pessoa Em que é possível sonhar, Fazer planos e ter energia bastante para realiza-los, A respeito de todas as dificuldades e obstáculos… Tempo de entusiasmo e de coragem em que todo desafio é mais um convite à Luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo novo, De novo e de novo, E quantas vezes for preciso… Essa idade, tão fugaz na vida da gente, chama-se presente, e tem apenas a duração do instante que passa…


Mário Quintana


Levanta dessa cama garota !  Anda! Sei que tá doendo, mas levanta. Coloca uma roupa. Passa a maquiagem. Arruma esse cabelo. Ajeita a armadura. Segura o coração. Sai por aquela porta. Enfrenta o vento. Sorri pro Sol. Segura o coração. Olha pra ele. Passa reto. Não caia. Não caia. Engole o choro. Fingi de morta quando ele falar com você. Seja fria. Continue andando. Enfrente seus problemas de cara. Reaja. Vai. Tá pensando que é só você que sofre? Tá enganada. Anda menina.A culpa não é de ninguém. Se apaixonou agora segura. Anda. Seja forte. Seja feliz. Seja uma mulher.

Caio Fernando Abreu
Tumblr_ljv65meynn1qzirnvo1_500_large_large

(...) Ele me toca, mexe comigo. Talvez eu esteja assim todo lisonjeado porque alguém parece prestar tanta atenção em mim.

Caio Fernando Abreu


Na fé, eu sou capaz de me dizer, com amorosa humildade, que grande parte das vezes eu não sei o que é melhor pra mim. Eu não sei, mas Deus sabe. Eu não sei, mas minha alma sabe. Então, faço o que me cabe e entrego, mesmo quando, por força do hábito, eu ainda dê uma piscadinha pra Deus e lhe diga: Tomara que as nossas vontades coincidam.

Caio Fernando Abreu


Mas não me faça mentir e dizer que não te quero. Que eu não estou na sua. Não me obrigue a jogar. Não me obrigue a dizer “não” quando eu quiser dizer “sim”. Não me faça tirar você da minha vida porque meu coração ainda acelera quando você me liga. (...) Diga que me quer apenas quando for verdade. Diga que está com saudade apenas se sentir minha falta do seu lado. 
Tumblr_lnkqx56wxw1qdn8c9o1_500_large_large


E começaria a chorar e quebrar coisas, vasos, sua tevê nova, essas coisas materiais que não tinham muita importância. Com lágrimas escorrendo sobre seu rosto caiu no chão de joelhos e viu que não tinha mais jeito, ele acabava de descobrir que a pessoa que mais ama e venera era feliz sem ele!


Caio Fernando Abreu

Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz.





Eu te amo. Mesmo negando. Mesmo deixando você ir. Mesmo não te pedindo pra ficar. Mesmo não olhando nos teus olhos. Mesmo não ouvindo a tua voz. Mesmo não fazendo mais parte dos teus dias. Mesmo estando longe, eu te amo. E amo mesmo. Mesmo não sabendo amar.


Caio Fernando Abreu



Eu quero, certo?  Eu preciso continuar apostando nas ameixas. Não sei se devo, também não sei se posso, se é permitido. Sei lá, acho que também não sei o que é dever ou poder, mas agora estou sabendo de um jeito muito claro o que é precisar, certo?  E quando a gente precisa, não importa que seja proibido.


Caio Fernando Abreu


Me vê uma rodada de vida boa, com uma porção extra de amor, uma boa dose de amizades verdadeiras e boas músicas para acompanhar! E se tiver dinheiro aí, pode incluir no pedido.


Eu quero mesmo é alguém que faça meu corpo querer companhia nos momentos em que minha mente insiste pela solidão…


Caio Fernando Abreu
Tumblr_lrnkuq2pxh1qe0bgeo1_500_large


 Tenho medo de já ter perdido muito tempo. Tenho medo que seja cada vez mais difícil. Tenho medo de endurecer, de me fechar, de me encarapaçar dentro de uma solidão-escudo.


Caio Fernando Abreu

domingo, 25 de setembro de 2011




-Você era mais forte
-Eu era mais tanta coisa...
-Deixou de ser?
-Cansei de ser! 


Caio Fernando Abreu





Você me ocorre a todo minuto.





Tumblr_lpoy80w5my1ql98aco1_500_large


Como se houvesse uma parte de mim que não envelheceu e que guardou. Guardou tudo, até o príncipe que um dia não veio mais. Não, não foi um dia que ele não veio mais, foram muitos dias, em muitos dias ele não veio mais..


Caio Fernando Abreu




Uma caixa inteira de bis pra não ligar pra ele. Saudade não mata, mas engorda.

Tati Bernardi






Sinto-me terrivelmente vazio. Há pouco estive chorando, sem saber exatamente por quê. Ás vezes odeio esta vida, estas paredes, essas caminhadas de casa para a aula, da aula para casa, esses diálogos vazios, odeio até este diário, que não existiria se eu não me sentisse tão só.



Caio Fernando Abreu
3000865681_1_5_45ltxlfd_large

Cansei de quem gosta como se gostar fosse mais uma ferramenta de marketing. Gostar aos poucos, gostar analisando, gostar duas vezes por semana, gostar até as duas e dezoito. Cansei de gente que gosta como pensa que é certo gostar. Gostar é essa besta desenfreada mesmo. E não tem pensar. E arrepia o corpo inteiro, mas você não sabe se é defesa para recuar ou atacar. Eu eu gosto de você porque gostar não faz sentido.



Tati Bernardi


Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama, acorda e põe sua roupa de viver. Todas as manhãs ela caminha vagarosamente para pegar o ônibus que a levará para lugar nenhum, para ver ninguém E todas as manhãs ela imagina como serão as tardes, ja sabendo a resposta, finge ser feliz assim todas as manhãs E todas as manhãs ela espera pela noite, ela espera assim arduamente para voltar para seu quarto, e ser triste. É quando ela sente que esta assim completa. Completamente triste, mas completa. E quando ela tira a roupa e põe todo o seu corpo em baixo das cobertas quentes e sente que começa a sonhar, é quando ela sorri . Assim pra ninguém. Mas pra ela mesma. E viver vale a pena.


Clarisse Lispector
Tumblr_lrqkfzw5yu1qec3guo1_500_large


Liguei o rádio. Além dos pensamentos, queria outros ruídos no cérebro. Mais profanos, menos confusos.


Caio Fernando Abreu



Eu tenho que arranjar algum conforto pra viver. Paixão é bom, eu sei...já tive mais de mil. Mais de mil vezes eu vi que era engano, que era por mim que eu estava chorando e tanto tempo eu tento que me sirva de consolo. Eu quero amar alguém, sem delirar de novo. ♪

Cazuza

Você era meu, droga, exclusivamente meu até dias atrás, meu como esse sofrimento.

Martha Medeiros

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Tumblr_lralggbvsv1qaxnreo1_500_large


O médico perguntou: o que sentes? - E eu respondi: sinto lonjuras, doutor. Sofro de distância.


Caio Fernando Abreu
Tumblr_lqncxgvcjt1qeuqywo1_500_large




Mas estou aqui, continuo aqui não sei até quando, e quando se você quiser, precisar dê um toque. E te cuida, por favor, te cuida bem.


Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 19 de setembro de 2011











Não se iluda, não crie expectativas, não seja idiota, seja realista. Você sabe que ele não está pensando em você!








Toda menina é linda do seu jeito, pois Deus não erra. Lady Gaga

Toda menina é linda do seu jeito, pois Deus não erra. -  Lady Gaga


Deus marcou o tempo certo para cada coisa. (Ec 3:11.)




Ela deixou que a mão dele descesse até abaixo da cintura dela. E numa batida mais forte da percussão, num rodopio, girando juntos, ela pediu: 
- Deixa eu cuidar de você? 
Ele disse: - Deixo. 

Caio Fernando Abreu
whatdouwant:

Onde há fé, há amor. Onde há amor, há paz. Onde há Deus, não falta nada.

Onde há fé, há amor. Onde há amor, há paz. Onde há Deus, não falta nada!
Por você eu dançaria tango no teto. 
Eu limparia os trilhos do metrô. 
Eu iria a pé do Rio à Salvador.
Eu aceitaria a vida como ela é. 
Viajaria a prazo pro inferno. 
Eu tomaria banho gelado no inverno.
Por você eu deixaria de beber. 
Por você eu ficaria rico num mês.
                                      Eu dormiria de meia pra virar burguês.
Eu mudaria até o meu nome. 
Eu viveria em greve de fome. 
Desejaria todo o dia o mesmo homem, você.
Por você conseguiria até ficar alegre. 
Pintaria todo o céu de vermelho. 
Eu teria mais herdeiros que um coelho.
Por você! Por você! Só por você. ♪ 

Barão Vermelho.

...não duvide.
my-sweet-smile:

É Deus, acho que daqui pra frente é só eu e você.


Porque a vida segue. Mas o que foi bonito fica com toda a força. Mesmo que a gente tente apagar com outras coisas bonitas ou leves, certos momentos nem o tempo apaga. E a gente lembra. E já não dói mais. Mas dá saudade. Uma saudade que faz os olhos brilharem por alguns segundos e um sorriso escapar volta e meia, quando a cabeça insiste em trazer a tona, o que o coração vive tentando deixar pra trás.


Caio Fernando Abreu

Aceito teu sobrenome, se quiseres me dar. Aceito teus medos, perdôo teus erros, se os meus tu perdoar. Aceito conviver com teu jeito e te cuidar. Aceito tuas ironias e cuidar de tuas dores quando tu precisar. Prometo não lhe magoar. Te aceito… Basta você me aceitar. 

Aceito teu sobrenome, se quiseres me dar. 
Aceito teus medos, perdôo teus erros, se os meus tu perdoar. 
Aceito conviver com teu jeito e te cuidar. 
Aceito tuas ironias e cuidar de tuas dores quando tu precisar. 
Prometo não lhe magoar. Te aceito… Basta você me aceitar! 


O amor não é falado e sim, vivido. 


Que seja doce o seu modo de andar, de sentir, de demonstrar afeto. Que sejam doce suas expressões faciais, até o levantar de sobrancelha. Que seja doce a leveza que eu sentirei ao seu lado. Que seja doce a ausência do meu medo. Que seja doce o seu abraço. Que seja doce o modo como você irá segurar na minha mão. Que seja doce. Que sejamos doce..


 Caio Fernando Abreu

...que aconteça.



Você disse de uma forma calma que só me causava problemas, e eu, de todas as formas possíveis tentei dizer que não. Mas meu bem, você é o desastre mais bonito da minha vida. Você é a catástrofe mais constante e mais imprevisível do meu ser. Você bagunça a minha vida e sempre me deixa sozinha tentando colocar tudo no lugar. Mas eu nunca sei onde me coloco. Se não é em teus braços eu fico sem rumo e continuo bagunçada, acabada. Você me toca os lábios com sede de tocar o mundo, e teu mundo é tão bonito meu bem. Quero sentir tuas mordidas fortes sobre minha pele tão sensível. Quero estar com você. Quero estar com você até quando eu não puder estar com você. Eu morro sem respirar o mesmo ar que o teu, teu ar tem um cheiro bom, diferente do poluído e vazio que sinto quando se vai. Só volta. Só fica. Por favor.   Você bagunça a minha vida e sempre me deixa sozinha tentando colocar tudo no lugar. Mas eu nunca sei onde me coloco. Se não é em teus braços eu fico sem rumo e continuo bagunçada, acabada. Você me toca os lábios com sede de tocar o mundo, e teu mundo é tão bonito meu bem. Quero sentir tuas mordidas fortes sobre minha pele tão sensível. Quero estar com você. Quero estar com você até quando eu não puder estar com você. Eu morro sem respirar o mesmo ar que o teu, teu ar tem um cheiro bom, diferente do poluído e vazio que sinto quando se vai. Só volta. Só fica. Por favor.   


Scarlet Suelen
  


Você é um idiota. É um babaca cretino e sabe disso. Você frustra todas as expectativas que eu já tive em relação à alguém pra mim. E mesmo assim é em você que eu penso, é de você que eu gosto, é pra você que eu volto… sempre.


Caio Fernando Abreu


Mas eu quero mais é aquilo que não posso comprar. Nem é você que eu espero, já te falei. Aquele um vai entrar um dia talvez por essa mesma porta, sem avisar. Diferente dessa gente toda vestida de preto, com cabelo arrepiadinho. Se quiser eu piro, e imagino ele de capa de gabardine, chapéu molhado, barba de dois dias, cigarro no canto da boca, bem noir. Mas isso é filme, ele não. Ele é de um jeito que ainda não sei, porque nem vi. Vai olhar direto para mim. Ele vai sentar na minha mesa, me olhar no olho, pegar na minha mão, encostar seu joelho quente na minha coxa fria e dizer: vem comigo. É por ele que eu venho aqui, boy, quase toda noite. Não por você, por outros como você. Pra ele, me guardo.


Caio Fernando Abreu


 E quando quiseres podes vir colher sorrisos direto do quintal da minha alma…

Caio Fernando Abreu

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Tumblr_lj2y5omtlv1qgsuu4o1_500_large


Diga que me odeia,
mas diga que não vive sem mim.
Eu sou uma praga,
maria sem-vergonha do seu jardim.



♪ Cassia Eller.

1257310981590_9_large

O gosto da sua boca continua aqui, bem forte, eu posso sentir.

Caio Fernando Abreu

domingo, 11 de setembro de 2011

Adele - Make You Feel My Love | Legenda em português.





Não, não a nada que eu não faria pra você sentir o meu amor. 
♪ Adele



Adele - Don't you remember | Legenda em português.


Eu só queria ver de novo o seu olhar mirando o meu;
e me sentir mais uma estrela a brilhar no escuro do teu céu.

♪ Aureliah Milagres
Sabe quando aquele sentimento que ocupa praticamente todo o seu coração, que te deixa sem palavras, que faz seu coração acelerar por cada palavra dita da outra pessoa, que te faz rir sem motivo, vai acabando? Sabe quando aquele sentimento que te consome, que te faz sofrer, que te faz chorar, vai acabando? É exatamente o que está acontecendo comigo, é o que você fez acontecer. Não digo que é sua culpa, até pode ser, mas não totalmente. Tá ok, a culpa é sua. Você e suas desculpas, suas manias, seus gestos, suas palavras. Você e apenas você. Sempre você. Às vezes eu fico me perguntando, por que será que você entrou na minha vida? O que você acrescentou de bom pra mim? Muita coisa. E a culpa não é sua. Não é, nunca foi e nunca vai ser. Eu só precisava de uma válvula de escape, de um motivo pra te fazer sentir mal., Eu só queria que você sentisse ao menos metade do que eu sinto e do que eu senti. Eu queria poder olhar nos teus olhos e dizer que eu não sinto mais nada. Mas eu vou estar me enganando. E eu já cansei disso.
Trancar o dedo em uma porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, doem. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é a saudade. Saudade de um irmão que mora longe. Saudade de uma cachoeira da infância. Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. Saudade do pai que morreu, do amigo imaginário que nunca existiu. Saudade de uma cidade. Saudade da gente mesmo, que o tempo não perdoa. Doem essas saudades todas. Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. Saudade da pele, do cheiro, dos beijos. Saudade da presença, e até da ausência consentida. Você podia ficar na sala e ela no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. Você podia ir para o dentista e ela para a faculdade, mas sabiam-se onde. Você podia ficar o dia sem vê-la, ela o dia sem vê-lo, mas sabiam-se amanhã. Contudo, quando o amor de um acaba, ou torna-se menor, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter. Saudade é basicamente não saber. Não saber mais se ela continua fungando num ambiente mais frio. Não saber se ele continua sem fazer a barba por causa daquela alergia. Não saber se ela ainda usa aquela saia. Não saber se ele foi na consulta com o dermatologista como prometeu.Não saber se ela tem comido bem por causa daquela mania de estar sempre culpada, se ele tem assistido às aulas de inglês, se aprendeu a entrar na internet e encontrar a página do Diário Oficial, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua preferindo Malzebier, se ela continua preferindo suco, se ele continua sorrindo com aqueles olhinhos apertados, se ela continua dançando daquele jeitinho enlouquecedor, se ele continua cantando tão bem, se ela continua detestando MC Donald´s, se ele continua amando, se ela continua a chorar até nas comédias. Saudade é não saber mesmo! Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche. Saudade é não querer saber se ela está com outro, e ao mesmo tempo querer. É não saber se ele está feliz, e ao mesmo tempo perguntar a todos os amigos por isso… É não querer saber se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim doer. Saudade é isso que senti enquanto estive escrevendo e o que você, provavelmente, está sentindo agora depois que acabou de ler… 

Miguel Falabella.

sábado, 10 de setembro de 2011



Um pouco de desprezo além de economizar ódio, faz com que a pessoa desprezada muita das vezes corra atrás de você. E se for homem então... Aí amiga, a receita é infalível!...."Ninguém resiste a um bom desprezo."


Pedro Bial

sexta-feira, 9 de setembro de 2011



Só que agora você deve estar, sei lá, pegando uma outra garota pra levar ao cinema. E tudo bem por mim, sério mesmo. Sei bem que você sabe que a tal não merece mais que uns pacotes de pipoca, restaurante, beijos no carro. Posso imaginar como ela vai dizer, sei lá, me liga. E você vai responder com seu velho e irritante a-hã.Sabendo que não vai ligar. Não porque é um cara ruim, mas pela recorrente sensação de que acabou de largar em casa um quebra-cabeças de três mil peças que, olhando o modelo na caixa, talvez até valha o trabalho de montar. Mas, poxa vida, são três mil peças. E você detesta montar coisas.


Gabito Nunes


...que ela morra.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011





As flores são bonitas em qualquer lugar do mundo, muita gente tem forma mas nao tem conteúdo. ♪
Chorão.