(in)delicadeza de amar.: 01/10/11 - 01/11/11

Páginas

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Tô nem aí pro futuro, pra celulite, tô nem aí para queixas datadas, tô nem aí pro telefone mudo, pros surdos, pro preço do combustível, tô nem aí se vai chover amanhã, se o presidente vai viajar, se vai voltar, tô nem aí.

Pra discussão sobre maioridade penal, violência e barbárie, tô aí. Pro fim desta impunidade que incrementa a bestialização das nossas vidas, tô muito aí.

Tô nem aí pros especuladores da vida alheia, pro Schwarzenegger, pros índices de audiência, tô nem aí se fui convidada ou preterida, quem é a primeira da lista, a segunda, a última, tô nem aí pro novo namorado da Nicole, pras declarações da Luana, quem é gay ou não, com silicone ou sem, se é virgem, se é rodada.

Pros sentimentos das pessoas, tô aí. Para seus desejos e dúvidas, para seus medos e ousadias, tô aí. Para tudo aquilo que tem consistência, para tudo aquilo que nos comove, para o leve e o denso, para a alegria genuína e para o luto, tô aí, sim.

Tô nem aí para quantas calorias tem um bife, tô nem aí pra corrida espacial, se há vida após a morte, tô nem aí pro carro do ano, pra musa do próximo verão, pro gol mais bonito do domingo, pra manchete da capa de amanhã.

Para a grosseria e a falta de delicadeza que corrói as relações, tô aí. Para a brutalidade das pessoas, pro egoísmo, pra falta de educação e civilidade, para todos que possuem uma nuvem preta acima da cabeça e a carregam pra onde quer que vão, tô aí e me dói profundamente.

Tô nem aí pro que foi decidido na reunião de condomínio, na reunião de cúpula, na reunião de mães, nas reuniões que duram mais de dez minutos, tô nem aí pro salário dos outros, pras novas tendências, pra cotação das minhas ações no mercado externo.

Tô aí pra alguns, pros meus. Tô aí e estou aqui. Estou atenta. Estou dentro. Estou me vendo. Estou tentando. Estou querendo. Estou a postos só para o mínimo, o máximo. Para o que importa mesmo. Para o mistério. A verdade. O caos. O céu. O inferno. Essas coisas.

No mais, tô nem aí.



Martha Medeiros
0b901796000f24d54ea6ddeb_large


Não passam as dores, também não passam as alegrias. Tudo o que nos fez feliz ou infeliz serve pra montar o quebra-cabeça da nossa vida, um quebra-cabeça de cem mil peças. Aquela noite que você não conseguiu parar de chorar, aquele dia que você ficou caminhando sem saber para onde ir, aquele beijo cinematográfico que você recebeu, aquela visita surpresa que ela lhe fez, o parto do seu filho, a bronca do seu pai, a demissão injusta, o acidente que lhe deixou cicatrizes, tudo isso vai, aos pouquinhos, formando quem você é. Não há nenhuma peça que não se encaixe. Todas são aproveitáveis. Como são muitas, você pode esquecer de algumas, e a isso chamamos de "passou". Não passou. Está lá dentro, meio perdida, mas quando você menos esperar, ela será necessária para você completar o jogo e se enxergar por inteiro.


Martha Medeiros
Tumblr_lmdnbsuv4v1qgkxaro1_500_large


Gaste seu amor. Usufrua-o até o fim. Enfrente os bons e os maus momentos, passe por tudo que tiver que passar, não se economize. Sinta todos os sabores que o amor tem, desde o adocicado do início até o amargo do fim, mas não saia da história na metade. Amores precisam dar a volta ao redor de si mesmo, fechando o próprio ciclo. Isso é que libera a gente para ser feliz de novo.


Martha Medeiros
Tumblr_lsgifnxcdz1r46r04o1_500_large

Há homens que têm patroa. Há homens que têm mulher. 
E há mulheres que escolhem o que querem ser.

Martha Medeiros
021-20111022_large


A todos trato muito bem sou cordial, educada, quase sensata, mas nada me dá mais prazer do que ser persona non grata, expulsa do paraíso uma mulher sem juízo, que não se comove com nada cruel e refinada que não merece ir pro céu, uma vilã de novela mas bela, e até mesmo culta estranha, com tantos amigos e amada, bem vestida e respeitada. Aqui entre nós melhor que ser boazinha é não poder ser imitada.


Martha Medeiros
Tumblr_lkptxmeubi1qdr4nfo1_500_large


Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos, um filme mais ou menos ,um livro mais ou menos.
Tudo perda de tempo.
Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoraçao ou seu desprezo.
O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia.



Martha Medeiros
X_d0edc4e6_large

Mulheres comportadas, raramente fazem historia.

Marilyn Monroe

Memória do prazer. ♪

                          

Jorge Vercilo e Ninah Jo

Tumblr_lt0omgbmqi1qjeezjo1_500_large

Dentro de um abraço nenhuma situação é incerta, o futuro não amedronta, estacionamos confortavelmente em meio ao paraíso. O rosto contra o peito de quem te abraça, as batidas do coração dele e as suas, o silêncio que sempre se faz durante esse envolvimento físico: nada há para se reivindicar ou agradecer, dentro de um abraço voz nenhuma se faz necessária, está tudo dito.

Martha Medeiros
Tumblr_lmaaz5mg8f1qg9zhlo1_500_large


(…) Acabou do pior jeito que poderia… Nem amigos, nem casal, só…duas pessoas que se amaram, mas se perderam em algum lugar. 


Camila Reis
Tumblr_ltlkomss7t1qfyyiho1_500_large


Amor é quando você acha que a pessoa com quem você se relacionava era egoísta, possessiva e infantilóide e isso não reduz em nada a sua saudade, não impede que a coisa que você mais gostaria neste instante é de estar tocando os cabelos daquela egoísta, possessiva e infantilóide. Amor é quando você sabe tintim por tintim as razões que impedem o seu relacionamento de dar certo, é quando você tem certeza de que seriam muito infelizes juntos, é quando você não tem a menor esperança de um milagre acontecer, e essa sensatez toda não impede de fazê-lo chorar escondido quando ouve uma música careta que lembra os seus 14 anos, quando você acreditava em milagres.


Martha Medeiros

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

5636436041_5f6bbb8ac6_large


É, preciso que você venha nesse exato momento. Abandone os antes. Chame do que quiser. Mas venha. Quero dividir meus erros, loucuras, beijos...


Caio Fernanado Abreu

domingo, 23 de outubro de 2011

Tumblr_lt9rn0phjs1qk9wb4o1_500_large


No começo fiquei com raiva, achei que ele não pensou em mais ninguém quando desapareceu. Só nele mesmo. Mas a gente nunca pode julgar o que acontece dentro dos outros. Ele queria outra coisa. 


Caio Fernando Abreu


Se você treme de indignação perante a uma injustiça cometida a qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo, então somos companheiros.


Che Guevara


Vou te dizer algo que você já sabe: o mundo não é um arco íris. É um lugar ruim e duro. Não importa o quão forte seja, vai colocá-lo de joelhos e vai deixá-lo lá. Ninguém vai bater mais forte que a vida. Mas não importa como bate e sim o quanto aguenta apanhar e continuar tocando. O quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha! Se você tem valor, busque o que é digno de você. É preciso estar disposto a apanhar e não levar dedo na cara, dizendo que não é o que deseja por causa de ninguém. Covardes fazem isso e você não é assim! É melhor que isso!


Rocky Balcoa

sábado, 22 de outubro de 2011

311426_252193928166417_187687457950398_780356_973773432_n_large


Se ele for mesmo para sua vida, ninguém vai roubar, muito menos o tempo ou a distância.
P1204295438_large


Às vezes tento não ser eu, porque se eu não for eu, eu não sentirei essa dor. Mas o amor é tanto que até as outras todas que eu posso ser também o sentem.


Tati Bernardi
Tumblr_lr60mmabta1r2o0lxo1_500_large


Eu sofro sendo assim, eu sofro porque, quando você acha mais da metade do mundo babaca, você passa muito tempo sozinho.


Tati Bernardi
1319229873892_f_large


Porque pra te amar mais, eu tenho que te amar menos. 
Porque pra morrer de amor por você, eu tive que não morrer.
Porque pra ter você por perto um pouco, eu tive que não querer mais ter você por perto pra sempre.
Eu soquei meu coração até ele diminuir. Só pra você nunca se assustar com o tamanho.


Tati Bernanrdi.



O quão sagrado é abrir mão de evoluir só porque andar pra trás é poder cruzar com você de novo.


Tati Bernardi



Tumblr_lnixcxvgtc1qhg0ygo1_500_large

E Deus escrevendo certo pelas nossas linhas que se não fossem tão tortas, não teriam se cruzado. 

Tati Bernardi


Eu tinha visto na sua solidão, uma excelente amiga para a minha solidão. Eu achei que elas pudessem sofrer juntas, enquanto a gente se divertia.


Tati Bernardi


É isso, sei lá, mas acho que amo você. Amo de todas as maneiras possíveis. Sem pressa, como se só saber que você existe já me bastasse. Sem peito, como se só existisse você no mundo e eu pudesse morrer sem o seu ar. Sem idade, porque a mesma vontade que eu tenho de te comer no banheiro eu tenho de passear de mãos dadas com você empurrando nossos bisnetos. E por fim te amo até sem amor, como se isso tudo fosse tão grande, tão grande, tão absurdo, que quase não é. Eu te amo de um jeito tão impossível que é como se eu nem te amasse. E aí eu desencano desse amor, de tanto que eu encano. Ninguém acredita na gente: nenhum cartomante, nenhum pai-de-santo, nenhuma terapeuta, nenhum parente, nenhum amigo, nenhum e-mail, nenhuma mensagem de texto, nenhum rastro, nenhuma reza, nenhuma fofoca e, principalmente (ou infelizmente): nem você. Mas eu te amo também do jeito mais óbvio de todos: eu te amo burra. Estúpida. Cega. E eu acredito na gente. Eu acredito que ainda vou voltar a pisar naqueles cocôs da sua rua, naquelas pocinhas da sua rua, naquelas florzinhas amarelas da sua rua, naquele cheiro de família bacana e limpinha da sua rua. Como eu queria dobrar aquela esquininha com você, de mãos dadas com os pêlos penteados de lado da sua mão. Outro dia me peguei pensando que entre dobrar aquela esquininha da sua rua e ganhar na mega-sena acumulada, eu preferia a esquininha. A esquininha que você dobrou quando saiu da casa dos seus pais, a esquininha que você dobrou chorando, porque é mesmo o cúmulo alguém não te amar. A esquininha que você dobrou a vida inteira, indo para a faculdade, para a casa dos seus amigos, para a praia. Eu amo a sua esquininha, eu amo a sua vida e eu amo tudo o que é seu. Amo você, mesmo sem você me amar. Amo seus rompantes em me devorar com os olhos e amo o nada que sempre vem depois disso. Amo seu nada, apenas porque o seu nada também é seu. Amo tanto, tanto, tanto, que te deixo em paz. Deixo você se virando sozinho, se dobrando sozinho. Virando e dobrando a sua esquininha. Afinal, por ela você também passou quando não me quis mais, quando não quis mais a minha mão pequena querendo ser embalsamada eternamente ao seu lado.


Tati Bernardi
Tumblr_lr4uficj2c1qj5go0o1_500_large


Depois de levantar duzentas vezes e ir para o canto do ringue, cuspir sangue e ouvir a torcida dentro do meu coração gritar pedindo mais, eu fui a nocaute. 

Tati Bernardi
Tumblr_ltc1pmvkcp1qi5h95o1_500_large


Ainda é cedo e eu preciso de amor. Só um pouquinho de amor... Quero que ele veja o quanto mudei por causa dele, na esperança de que seu riso congelado saia do automático e eu ganhe um único sorriso verdadeiro... Talvez meu amor tenha aprendido a ser menos amor só para nunca deixar de ser amor.


Tati Bernardi
Tumblr_lsx1iczd6g1qm230vo1_500_large


Veja, eu não vou desistir de você. Mas também não vou te obrigar a ficar. Vou entrar na onda de ser moderninha. Independente. Fria. Mas será tudo mentira minha. Uma farsa. Pra ver se você se compadece e volta quietinho.




Tati Bernardi
314674_190420591032449_100001935290625_410663_1646113222_n_large


Eu tenho medo de acreditar em você, de te desejar tanto tanto e acabar descobrindo que eu ainda tenho um coração e que ele ainda pode amar muito alguém. Não, eu digo a mim mesma, eu não vou me apaixonar e nem desejar saber tudo ao seu respeito, querer conhecer sua mãe e ser apresentada aos seus amigos.Você não sabe, mas quando eu chego em casa eu repasso cada palavra que você disse, cada gesto que você fez, cada beijo seu e me pergunto se vale mesmo a pena…


Tati Bernardi
Dsc1275_large


Eu ainda quero viver para você. Venha agora, ganhe a corrida, passe todo o resto pra trás, é você quem eu continuo eternamente esperando na linha final.

Tati Bernardi








E tudo bem, não é você, nunca foi, mas escuta a maluquice: é que nada disso impede que eu sinta um amor absurdo por você.


Tati Bernardi





Tumblr_ltfmhrnqah1qeflvno1_500_large

Olha, faça um favor para mim, antes de tremer as pernas pelo inconquistável e apagar as luzes do mundo por um único brilho falso, olhe dentro de você e pergunte: estupidez, masoquismo ou medo de viver de verdade?

Tati Bernardi


Aonde está a força de negar um desejo se enquanto ele não é saciado continua existindo?
O tempo não se encarrega de matar desejos, apenas de substituir os personagens.
Esse é o maior problema dos desejos, eles não aceitam não como resposta. Você só coloca um ponto final nele se for até o fim. E o fim pode ser um simples enjôo ou, na pior das hipóteses, a morte.
O desejo me acompanhou até em casa. Muito , muito mais forte que minha nobreza em ter dito não.
Tive medo de ser só desejo, porque para mim sempre foi mais. Prefiro ser perseguida pelo meu desejo, que não tem dia para acabar, do que ser abandonada mais uma vez pelo seu, que dura no máximo três horas.



Tati Bernardi
Tumblr_lsx5tpsydn1qm230vo1_500_large


Eu sei, eu sei, o eterno clichê “isso passa”. Passa sim e, quando passar, algo muito mais triste vai acontecer: eu não vou mais te amar.
É triste saber que um dia vou ver você passar e não sentir cada milímetro do meu corpo arder e enjoar. É triste saber que um dia vou ouvir sua voz ou olhar seu rosto e o resto do mundo não vai desaparecer. O fim do amor é ainda mais triste do que o nosso fim.
Meu amor está cansado, surrado, ele quer me deixar para renascer depois, lindo e puro, em outro canto, mas eu não quero outro canto, eu quero insistir no nosso canto.
Eu me agarro à beiradinha do meu amor, eu imploro pra que ele fique, ainda que doa mais do que cabe em mim, eu imploro pra que pelo menos esse amor que eu sinto por você não me deixe, pelo menos ele, ainda que insuportável, não desista.



Tati Bernardi

...bem isso.
5948701020_e0598b9a7f_z_large

Hoje depois de muito tempo eu acordei e não me olhei no espelho . Eu não precisei confirmar se eu era bonita . Eu acordei tendo certeza

Tati Bernardi
Tumblr_ltaanhpra01qcxukbo1_500_large

Você é tão errado e cheio de estragos! E me peguei olhando pra tudo isso e amando tanto, tanto, tanto... Como se nada mais no mundo fosse tão bonito ou correto... Ou mesmo perfeito, porque perfeito é o que não tem mesmo cabimento...! O resto nem existe porque vemos ou explicamos [...] 

Tati Bernardi
Tumblr_l9vpng8dnb1qc63yeo1_400_large_large

E quanto mais e maiores motivos para não sentir, ele e a vida me dão... 
Adivinhem? Sim, o amor cresce!! Irresponsável, sem alimento, sem esperança e de uma burrice enorme...! Ainda assim, forte e em crescimento!!!!

Tati Bernardi
Tumblr_l5so6kncoy1qao7qlo1_500_large
Homem que repara em celulite acaba gostando mais de bunda de homem.

Tati Bernardi
Tumblr_ls2a161tnv1qgx6jto1_500_large


Nada demais colocar a culpa em alguém... é sempre assim.
Todos nós já fizemos isso um dia.
Nada demais não pedir perdão... com o tempo se esquece.
Nada demais não oferecer um ombro amigo, quando aquela amiga sentimental precisa desabafar, afinal... ela têm outras amigas.
Nada demais não dizer eu te amo, pois dizem que isso se tornou o novo ''bom dia''.
E assim vamos levando...
Culpando inocentes, engolindo mágoas, evitando pessoas, podando sentimentos.
Essa culpa nunca te deixará. Ela está acorrentada a você.
Aquele perdão... teria fortalecido sua alma.
Hoje é você quem precisa do ombro amigo... e como seria bom poder desabafar com aquela amiga, a tal ''sentimental'', de tanto ser, te entenderia.
Eu te amo... eu poderia ter dito antes dele partir.
Quando me ligou naquela madrugada, ou quando me sorriu enquanto eu dançava um blues.
Tudo é tão emergencial.
Quero a calma..



@dricapitu

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Tumblr_lnqb0zpyyv1qc86xvo1_500_large


- Quem não procura, não sente falta, moço.
- Engano seu, pequena. A nostalgia tortura e todo dia o coração implora pedindo pra voltar.
- Porque não volta, então?
- A saudade é grande, mas o orgulho é ainda maior, menina.



Caio Fernando Abreu


- E o amor, o amor, cara. O que eu faço com isso?
- Você esquece, sei lá. Não tem tanta importância assim.



Caio Fernando Abreu
Hsi080406454_large


Como pode alguém fazer tanto parte da gente, a ponto dessa pessoa ir embora e levar mais da metade de nós? A gente se doa bastante na vida e as pessoas que ficam em nós deixam marcas mais profundas do que podemos imaginar, principalmente quando essa marca tem a ver com amor...

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

291788_207540919305530_157874747605481_575861_3957334_n_large

Sinto a falta dele como se me faltasse um dente na frente: excrucitante.

Clarice Lispector
1318978093998_f_large


Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil.


Clarice Lispector
Landscape_10_large


Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo - quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação.


Clarice Lispector


... uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora de minha própria vida. Foi apesar de que parei na rua e fiquei olhando para você enquanto você esperava um táxi. E desde logo desejando você, esse teu corpo que nem sequer é bonito, mas é o corpo que eu quero. Mas quero inteira, com a alma também. Por isso, não faz mal que você não venha, espararei quanto tempo for preciso.


Clarice Lispector
Tumblr_lnmt11ehn41qadg5wo1_500_large

Não precisa vir se não for pra ficar!

domingo, 16 de outubro de 2011

Tumblr_lkxovtimfp1qittf0o1_400_large


— Foi melhor assim.
— Tinha de acabar...

Pois então por que diabo não acabara mesmo naquela ocasião no banco da Praça? 

Para se sentir cada vez mais infeliz por uma coisa que não teria nunca?


Fernando Sabino



Quando o medo não evita, o amor acontece.

Gabito Nunes



10094252379e636f6d_large


É cedo pra dizer, ou tarde demais pra fugir. Talvez você seja um cachorro-cínico-egoísta apenas sendo gentil-romântico-atencioso só pra me enganar na sua cama. Mas se não for você, será outro qualquer. Melhor que seja você.


Gabito Nunes
Tumblr_lsk699sctu1r2fgj6o1_500_large


Me diga que está triste, eu consolo. Me diga que nunca foi tão feliz, eu concordo. Me ame ou me odeie. Me mande pra puta-que-o-pariu ou me convide pra ir com você. Exploda na minha cara ou se derreta na minha mão. Deixa eu te ver morrendo de tanto rir ou com vergonha das olheiras de tanto chorar. Só não me esconda o rosto. Me abrace, me esmurre, me lamba ou me empurre. Só não me balance os ombros. Não me perturba assistir tua dor nem acompanhar teu gás. Te ver mais ou menos realmente me incomoda. Mais ou menos não rende papo, não faz inverno nem verão, não exige uma longa explicação. É melhor estar alegre ou estar triste, mais ou menos é a pior coisa que existe


Gabito Nunes
6211062053_bf074d429e_z_large


Mesmo num amor de linhas tortas como o nosso, o fim parece um erro, como um ponto final no meio da frase.   

Gabito Nunes
Tumblr_lt6d55rrzs1qef21ko1_500_large


Ok, não vou mentir, tenho sentimentos de estimação por você. Mas estou deixando de alimentá-los. Um dia eles morrem.  


 Gabito Nunes
313fa569e43115447e5932893e66858f85cfae8f_m_large


Veja bem. Não tô dizendo que superei, as feridas estão comigo, servindo de baliza pra reconhecer esse lado quente e fresco das coisas. Mas eu preciso ir, não posso falar contigo agora. Tenho pressa de apertar o play. Dá licença? Então sai debaixo da minha sacada. E da próxima vez que sair na chuva, vê se antes aprende a se molhar.  

 Gabito Nunes


Eu não tenho medo do amor.Eu tenho medo é de amar quem tem medo dele. Amar quem teme o amor é como se apaixonar por uma sucessão de desistências.  

Marla de Queiroz



Me dó ter passado tanto tempo a ele, quando ele nunca ficou atento a mim.

Caio Fernando Abreu




Tumblr_lrqr8gbbqj1qim5rxo1_500_large

Tô resolvendo umas coisas aqui viu, esses negócios de sentimentos demonstrados demais meio que estraga.


Caio Fernando Abreu


Sentimos mais prazer, às vezes, em superar um desafio, do que desfrutar algo que nos é oferecido gratuitamente.


Caio Fernando Abreu