(in)delicadeza de amar.

Páginas

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011




Viva o hoje, porque o ontem já passou, e o amanhã talvez nem chegue!