(in)delicadeza de amar.: Recomeçar...

Páginas

segunda-feira, 21 de março de 2011

Recomeçar...

... que palavra forte você não acha?! Recomeçar parece muito pra você?! Recomeçar parece impossível quando não se tem mais forças?!

 Mas recomeçar é tão simples, primeiro se levante, depois respire fundo, conte até 10, resolva pendências, jogue o que é velho fora, organize seu armário, seu quarto, organize sua vida, comece do zero, esqueça o ontem e se preocupe com o hoje, viva como se não houvesse barreiras, como se não houvesse maldade e insanidade.
 Contudo, isso parece muito mais fácil quando escrito, as coisas não são tão fáceis assim, é preciso querer muito pra recomeçar, é preciso entender que você vai ter que se desfazer de coisas que gosta mais que não têm mais utilidade ou que só te fazem mal, vai ter de perceber que é preciso deixar o passado de lado e viver o hoje como se não houvesse amanhã, é preciso enxergar que existe um mundo lá fora pronto pra te receber de braços abertos e um sorriso no rosto e que pra isso você precisa apenas aceitar abraçá-lo com toda força que puder e com todo carinho que tiver. Vai ser preciso muita dedicação, porque nada na vida é fácil, e se fosse fácil não teria nem o valor nem a graça que tem. Você vai precisar se entregar de corpo e alma, pra não deixar nada pra trás, recomece com tudo, recomece a sua vida, só não se esqueça do que e de quem é importante pra você, porque recomeçar é também reaprender a amar. Reviva e, acima de tudo, reviva a felicidade!

“Levante sua mão cedente e recomece a andar. Não pense que a cabeça aguenta se você parar. Tente outra vez.” ~ Raul Seixas ~

“Levante sua mão sedenta e recomece a andar. 
Não pense que a cabeça aguenta se você parar. 
Tente outra vez.”

~ Raul Seixas ~