(in)delicadeza de amar.

Páginas

quarta-feira, 30 de março de 2011





Virava pra lá e pra cá na cama. Estava impaciente. Até me sentei no escuro. Pensei: Não era uma posição o que eu procurava. Era você.


Caio Fernando Abreu