(in)delicadeza de amar.

Páginas

domingo, 24 de abril de 2011


Então, o amor é isso...
Não prende, não escraviza, não aperta, não sufoca.
Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço...