(in)delicadeza de amar.

Páginas

sábado, 16 de abril de 2011







“Só eu sei que cheguei à humildade máxima que um ser humano pode atingir: confessar a outro ser humano que precisa dele para existir.”

Caio Fernando Abreu