(in)delicadeza de amar.

Páginas

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Você já desejou não ser você ? Você ja desejou dormir e acordar em outro lugar ? Você ja desejou fechar os olhos e desaparecer ? Apenas me responda essas perguntas, porque isso tem acontecido em tal frequência comigo que chega a me abalar. Será que esse desejo de me sentir menos viva, menos “eu” é comum ? Eu não quero me achar tão desprezível a ponto de me “auto abandonar”. Se eu não for importante pra mim mesma, quem vai algum dia me olhar e dizer que tenho algum valor? Mas repito, que por diversas vezes eu tenho desejado não existir ou então, existir em um outro lugar, bem distante, bem diferente .. amar outras pessoas, gostar de outras coisas, ter outros pensamentos, ter outro coração ou até ter uma outra alma. Voce ja desejou não ser você ?