(in)delicadeza de amar.

Páginas

quinta-feira, 26 de maio de 2011


298823_140431519386348_123949401034560_199518_1461889474_n_large

Eu? Eu não sou somente boa. Sou uma pessoa muito bonita. Generosa e linda – e quem aguentar, aguentou. Como prêmio, terá meu amor. Saberá da minha verdade. Dará boas gargalhadas. Mas terá que suportar uma boa dose daquilo que sinto. Pois, apesar de tudo ser diversão, nada é simples. Nada é pouco quando o mundo é meu!


Fernanda Young