(in)delicadeza de amar.

Páginas

quarta-feira, 22 de junho de 2011



Não que eu queira te esquecer, eu preciso. E luto contra isso, com todas as minhas forças semi-esgotadas.
Caio Fernando Abreu