(in)delicadeza de amar.

Páginas

terça-feira, 9 de agosto de 2011

julianabto:

Sempre acabo no mesmo quarto na frente do mesmo computador, ouvindo as mesmas músicas.. e pensando na mesma coisa.

Enquanto não encerramos um capítulo, não podemos partir para o próximo. Por isso é tão importante deixar certas coisas irem embora, soltar, desprender-se. As pessoas precisam entender que ninguém está jogando com cartas marcadas, às vezes ganhamos e às vezes perdemos.

 Fernando Pessoa