(in)delicadeza de amar.

Páginas

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Por você eu dançaria tango no teto. 
Eu limparia os trilhos do metrô. 
Eu iria a pé do Rio à Salvador.
Eu aceitaria a vida como ela é. 
Viajaria a prazo pro inferno. 
Eu tomaria banho gelado no inverno.
Por você eu deixaria de beber. 
Por você eu ficaria rico num mês.
                                      Eu dormiria de meia pra virar burguês.
Eu mudaria até o meu nome. 
Eu viveria em greve de fome. 
Desejaria todo o dia o mesmo homem, você.
Por você conseguiria até ficar alegre. 
Pintaria todo o céu de vermelho. 
Eu teria mais herdeiros que um coelho.
Por você! Por você! Só por você. ♪ 

Barão Vermelho.

...não duvide.