(in)delicadeza de amar.

Páginas

sábado, 22 de outubro de 2011




O quão sagrado é abrir mão de evoluir só porque andar pra trás é poder cruzar com você de novo.


Tati Bernardi