(in)delicadeza de amar.

Páginas

quinta-feira, 17 de novembro de 2011


- (...) - Conseguiu?
- O que?
- Esquecer, menina, conseguiu esquecer?
- E desde quando a gente esquece o que faz parte da gente?


Caio Fernando Abreu