(in)delicadeza de amar.

Páginas

sábado, 24 de dezembro de 2011



E eu, finalmente, deixei de ter pena de mim por estar sem você e passei a ter pena de você por estar sem mim. Coitado.


 Tati Bernardi