(in)delicadeza de amar.

Páginas

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

314346_139592852803548_123949401034560_195972_1894853673_n_large


Nunca soube o que fazer com os espaços que ficam depois que alguém vai embora uma dúvida insiste e de tanto, o meu tentar desiste de trocar a ausência por qualquer coisa que fira menos: nada para repor nada para suprir nada que realmente comportasse o encanto de algo que ficou para trás.

 Cah Morandi