(in)delicadeza de amar.

Páginas

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Tumblr_lz798szelx1qkxgyao1_500_large


Além disso, eu tinha desaprendido completamente a sua linguagem, a linguagem que também tive antes, e, embora com algum esforço conseguisse talvez recuperá-la, não valia a pena, era tão mentirosa, tão cheia de equívocos, cada palavra querendo dizer várias coisas em várias outras. 


 Caio Fernando Abreu