(in)delicadeza de amar.: Tu, minha poesia.

Páginas

terça-feira, 30 de abril de 2013

Tu, minha poesia.



Qui descrever-te num poema,
procurei palavras que traduzissem.

E vi que cada verso, era uma doce melodia.
Cada rima, uma gostosa sensação.

E tudo soava, como uma perfeita sinfonia.
Emocionei-me, e enchi-me de ternura.
Pois falar de ti, é declamar a mais linda melodia. 

Maria Bonfá