(in)delicadeza de amar.

Páginas

domingo, 9 de junho de 2013

Tumblr_m4fmxzbaql1rtff84o1_500_large

Às vezes temos amor suficiente para perdoar, mas não para continuar ao lado da pessoa. Se a convivência machuca, se as lembranças ainda estão frescas na memória e se o medo de que o erro se repita te paralisa, melhor seguir sozinha. Não vai dar certo.

J.M.