(in)delicadeza de amar.

Páginas

sexta-feira, 21 de junho de 2013




Como algo pode ser tudo e tão pouco ao mesmo tempo? 
Como pode alguém não saber viver sem e nem com? 

Gabito Nunes