(in)delicadeza de amar.

Páginas

terça-feira, 2 de setembro de 2014



Das coisas que sinto falta, a vontade de você é a maior. Sinto saudade do teu sorriso depois de um beijo torto e brincalhão. Daqueles olhos grandes e chamativos que sempre me fizeram prender a respiração. Do teu abraço acolhedor, que me dizia que tudo ia ficar bem. Do teu jeito sonhador, como quando falava do futuro, você olhava para o céu com estrelas no olhos, era incrível ver teu sorriso surgindo. Você faz tanta falta garoto. A ausência da tua voz, do teu cheiro, da tua pele, é assustadora. Teu nome está escrito em todos os lugares por onde vou e agora tenho que entender que você se foi e que nem sequer me avisou. 
   
a.m