(in)delicadeza de amar.

Páginas

sexta-feira, 10 de junho de 2011





Nem terapia, nem remédio, nem bebida, nem amigos, nem oração. A única coisa que ajuda a superar um menino é um homem. 
Tati Bernardi