(in)delicadeza de amar.

Páginas

quarta-feira, 29 de junho de 2011



Para que não me firam, minto (...) E tomo a providência cuidadosa de eu mesmo me ferir, sem prestar atenção se estou ferindo o outro também. 


Caio Fernando Abreu